728

Semusa alerta foliões sobre cuidados com os olhos ao usar cosméticos para cabelos

Share:

Dvisa realizou diversas ações de orientação e fiscalização sobre a venda das pomadas modeladoras

Porto Velho, RO - O clima de carnaval já está no ar em Porto Velho. Neste período de festividade, a procura por fantasias, maquiagens e produtos para cabelos aumentam. Os penteados diversificados já são tradição entre os foliões. No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) alerta a população sobre os cuidados necessários ao escolher produtos para trançar, modelar ou fixar cabelos.

Em 2023, diversas pomadas modeladoras foram proibidas por causar cegueira temporária, ardência nos olhos, lacrimejamento intenso, coceira, vermelhidão, inchaço ocular e dor de cabeça e queda de cabelo. Após os incidentes, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma relação dos produtos seguros e autorizados para comercialização. Confira a lista neste link.

Para verificar se os estabelecimentos comerciais estão cumprindo a exigência da Anvisa, a Divisão de Vigilância Sanitária (Dvisa) da Semusa realizou, durante essa semana, diversas ações de orientação e fiscalização de estabelecimentos comerciais sobre a venda das pomadas modeladoras.

A equipe da Dvisa atuou nas lojas de cosméticos e drogarias de diferentes regiões de Porto Velho. De acordo com o gerente da Dvisa, Ailton Furtado, é fundamental que a população antes de comprar ou usar cosméticos de cabelo verifique se o produto está na lista de autorizados pela Anvisa.

Equipe da Dvisa atuou nas lojas de cosméticos e drogarias

“Produtos que não são regulamentados pela Anvisa ou receitas caseiras podem causar irritação, queimaduras e até mesmo cegueira. É preciso tomar muito cuidado com esses produtos, principalmente no período de festividades como o carnaval, onde a busca por esse tipo de cosmético aumenta. A vigilância adotou medidas necessárias para que esses não sejam, comercializados, como forma de proteger a saúde da população”, afirma o gerente.

RECOMENDAÇÃO

A suspensão de pomadas modeladoras irregulares é uma das medidas preventivas para evitar incidentes. A Semusa orienta o cidadão que ao se deparar com o produto proibido sendo comercializado ou utilizado em salões e barbearias, pode acionar a Vigilância Sanitária através do telefone (69) 98473-6690, das 8h às 14h.

Além disso, demais cuidados devem ser seguidos para evitar casos indesejados ou inesperados. São eles:

• Não utilize produtos não autorizados pela Anvisa;
• Em caso de contato acidental, lavar com água corrente por pelo menos 15 minutos;
• Ler atentamente o rótulo siga as orientações do fabricante;
• Realize um teste de alergia em uma pequena área da pele antes de aplicar o produto;
• Evitar o uso excessivo de produtos cosméticos;
• Não utilizar o produto se a pele, olhos ou outra parte do corpo estiver com alguma irritação;
• Em caso de qualquer efeito indesejado procure imediatamente o serviço de saúde mais próximo e não deixe de notificar às autoridades sanitárias competentes.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Nenhum comentário