728

Prefeitura leva mamografia e preventivo a servidoras com apoio do Hospital do Amor

Share:

Mais de 100 servidoras serão atendidas pela iniciativa nesta quarta-feira (4)

Reforçando o compromisso com a saúde ocupacional dos seus servidores, a Prefeitura de Porto Velho promoveu, nesta quarta-feira (4), a 1ª edição do “Outubro Rosa: compromisso com a prevenção do câncer de mama e colo de útero”. A ação, realizada na Secretaria Municipal de Administração (Semad), atende a colaboradoras por meio de exames realizados pela carreta do Hospital de Amor da Amazônia.

“É uma constante preocupação da administração municipal levar qualidade de vida aos seus servidores e nada mais sugestivo do que exercitar isso no mês de combate ao câncer de mama e colo de uterino. Por isso, firmamos essa parceria com o Hospital do Amor”, explica a coordenadora de Saúde Ocupacional, da Semad, Evanice dos Santos.

A expectativa da Semad é de que 100 colaboradoras realizem o exame de mamografia ao longo do dia, além de 70 exames de papanicolau, um teste para detectar alterações nas células do colo do útero. As servidoras participantes efetuaram cadastro no último mês após comunicado da Semad.


Viviane Abreu, enfermeira

Na prática, o procedimento é destinado a uma faixa etária específica. O exame da mama é indicado para mulheres com idades entre 40 aos 69 anos, enquanto o preventivo para a faixa etária entre os 25 e 64 anos. Segundo a enfermeira Viviane Abreu, o exame não é invasivo e continua a ser a principal forma de prevenção contra o câncer de mama e de colo de útero.

“O exame é bem simples e consiste em quatro imagens da frente e da lateral da mama por meio de um aparelho de raio-X específico. Com ele, conseguimos detectar se há nódulos. O preventivo também tem uma coleta bem rápida. Um eventual diagnóstico precoce faz toda a diferença no tratamento e aumenta as chances de cura”, explica.


Fabricio Jurado destacou a importância de iniciativas como esta

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama feminino e o câncer do colo do útero são os mais incidentes entre as mulheres, sendo esperados mais de 700 mil casos novos até 2025.

Representando o prefeito, o secretário-geral de Governo, Fabricio Jurado, lembrou que essa é a quarta iniciativa consecutiva do tipo realizada pela Prefeitura. “O grande diferencial dessa ação é que caso a mulher apresente alguma suspeita ou diagnóstico ela já é encaminhada e orientada a iniciar acompanhamento ou tratamento com o Hospital do Amor, uma unidade que tem expertise e é referência neste tipo de tratamento na região Norte. O prefeito e as colaboradoras agradecem o apoio”, concluiu.



Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Nenhum comentário