728

Mulheres produtoras de café de Rondônia estão entre as finalistas em concurso nacional de qualidade

Share:

Mulheres produtoras de café de Rondônia estão entre as finalistas em concurso nacional de qualidade

Porto Velho, RO - As mulheres de Rondônia vêm ganhando destaque na produção de cafés canéforas. O Governo do Estado tem incentivado a produção por meio de distribuição de mudas clonadas, projetos como o Degusta Rondônia e o Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia – Concafé, que reconhece a importância e o potencial que as mulheres têm nesse setor do Estado.

A Secretaria de Estado da Agricultura – Seagri, juntamente com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater, incentiva as mulheres rurais a produzirem café com qualidade e eficiência por meio das ações desenvolvidas.

Prova disso são as 17 mulheres produtoras de café de Rondônia que estão entre as finalistas do concurso “Florada Premiada” 2ª edição Canephora, focado exclusivamente em mulheres cafeicultoras, que reconhece o talento e a dedicação das produtoras de café em todo o Brasil. A expectativa está em alta para a revelação das vencedoras durante a Semana Internacional do Café – SIC 2023, que acontecerá de 8 a 10 de novembro, em Belo Horizonte.

O Concurso “Florada Premiada” 2023 tem como objetivo destacar o importante papel das mulheres na indústria cafeeira e oferecer um reconhecimento às produtoras. Das finalistas de Rondônia, cinco são produtoras de cafés Robustas Amazônicos de terras indígenas.

A produtora ficou em 1º Lugar no Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia da região do Vale do Guaporé

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha o café é uma das principais commodities brasileiras e Rondônia tem se destacado cada vez mais na produção desse produto, o que impulsiona o crescimento do Estado.

A produtora Ângela Maria Coutinho Pessoa, que tem uma propriedade no município de Seringueiras, ficou em 1º Lugar no 8º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia – Concafé, da região do Vale do Guaporé.

A premiação aconteceu no último dia 7, em Cacoal, e a produtora está entre as classificadas do Florada Premiada. “Já fiquei feliz pelo 1º lugar no Concafé, e agora com essa classificação, meu coração se enche de orgulho de estar na final deste concurso nacional, estou confiante e seja o que Deus quiser”, comentou.

Historicamente, a produção de café sempre foi uma atividade dominada por homens, com as mulheres assumindo papéis secundários nos bastidores. No entanto, com o passar dos anos, as mulheres têm demonstrado sua capacidade e habilidade na produção de café, trazendo inovação e uma nova visão para o setor.

Segundo o secretário da Seagri, este concurso é uma ótima oportunidade para as cafeicultoras mostrarem todo o talento e dedicação que estão executando durante a produção de um café de excelência. “A participação dessas produtoras mostra que Rondônia está no caminho certo para se tornar uma referência na produção de café de alta qualidade”, ressaltou.

Confira a lista das mulheres classificadas para a final do concurso “Florada Premiada” 2ª edição Canephora:
  • Adriana Lopes Gonçalves – Novo Horizonte do Oeste
  • Ângela Maria Coutinho Pessoa – Seringueiras
  • Celeste Paytaxayeb Suruí – Cacoal
  • Diná Pagoyah Suruí – Cacoal
  • Graziela Roepile Suruí – Cacoal
  • Ilma Pereira de Oliveira – Alta Floresta
  • Ivonete Terezinha Nedel – Nova Brasilândia
  • Janaína Fonseca Ferreira – Alta Floresta
  • Josiele Rodrigues da Silva Werneck – Cacoal
  • Juliana Morais do Nascimento – Alta Floresta
  • Lúcia Helena de Oliveira – Novo Horizonte
  • Maria Aparecida Barboza da Silva – Monte Negro
  • Maria Aparecida da Silva – Alta Floresta
  • Marieli Ramilo de Oliveira – Alta Floresta
  • Natália Mapilaor Suruí – Alta Floresta
  • Nicole Nedel Duarte – Nova Brasilândia
  • Simone Fernandes de Lima – Primavera de Rondônia

Nenhum comentário