728

MEIO AMBIENTE - Prefeitura une esforços no combate às queimadas

Share:

Defesa Civil colabora na orientação às comunidades


Fumaça aumenta número de pacientes nas unidades de saúde em função dos problemas respiratórios e a baixa qualidade do ar

Com o período de estiagem e as altas temperaturas características do verão amazônico, a Defesa Civil Municipal vem colaborando nas ações de orientação contra queimadas urbanas e rurais, prática criminosa fiscalizada no município pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema).

A ideia é somar todos os esforços na Prefeitura de Porto Velho para minimizar os impactos do período, que resultam no aumento de pacientes nas unidades de saúde em função dos problemas respiratórios agravados com a fumaça e baixa qualidade do ar.

Sendo assim, a Defesa Civil, apesar de não trabalhar diretamente com a problemática, incluiu na rotina a prevenção e orientação das comunidades. “A gente não trabalha no combate em campo, mas buscamos colaborar com os órgãos responsáveis levando a informação na nossa rotina. É sempre bom lembrar alguns cuidados básicos para evitar qualquer incêndio acidental, como não lançar bitucas de cigarro pela janela do veículo ao trafegar por rodovias ou estradas não pavimentadas, pois a vegetação seca pode inflamar com facilidade; manter terrenos na zona urbana sempre limpos, com pouca ou nenhuma vegetação; sempre manter a vegetação cerrada em propriedades rurais, entre outros”, frisou Anderson Luiz, gerente de Operações da Defesa.

CAMPANHA

Neste mês, a Sema lançou a campanha “A Queimada que Você Faz Apaga Vidas” fazendo um alerta aos riscos à saúde. São quatro equipes de plantão, agindo de forma preventiva, orientando e também multando, se for o caso.

Nos casos de foco de incêndio na área urbana a população pode acionar o plantão da Sema através do (69) 98423-4092, um disque denúncia que também utiliza whatsapp para receber fotos, vídeos e localização correta para que as equipes possam chegar em tempo hábil para o flagrante. Somente no ano passado as equipes da Sema conseguiram combater 429 focos de queimadas com os autores responsabilizados por esses crimes ambientais.

Lembrando que o acionamento da Sema é para fiscalização, não cabendo ao município a função de apagar o fogo e, neste caso, a orientação é para que o cidadão ligue para o Corpo de Bombeiros – 193.

Texto: Renata Beccária Foto: Leandro Morais

Nenhum comentário