728

SAÚDE BUCAL - Mais de 60 mil atendimentos odontológicos foram realizados gratuitamente em Porto Velho

Share:


Ao todo, mais de 92 mil procedimentos de saúde bucal foram realizados pela rede municipal

O primeiro passo do atendimento é feito nas Unidades Básicas de Saúde

O cuidado com a saúde começa pela boca, e a atenção com a higiene bucal vai muito além da autoestima, envolve também a prevenção de diversas doenças. Por isso, a Prefeitura de Porto Velho tem investido nos serviços gratuitos de atendimentos odontológicos para a população.

Em 2022, no período de janeiro a novembro, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) realizou 61.063 atendimentos na capital e nos distritos. Ao todo, 92.891 procedimentos foram executados, entre eles, limpeza dental, restauração dental, remoção de tártaro, extração de dentes permanentes e dentes de leite, além de consultas de urgência em odontologia.

O primeiro passo do atendimento é feito nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), para que assim os pacientes sejam encaminhados aos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs), que oferecem atendimentos complexos, inclusive a pacientes com necessidades especiais. Estão disponíveis os procedimentos nas áreas de endodontia (tratamento de canal), periodontia (tratamento de gengivas e estruturas adjacentes) e cirurgia buco-maxilo-facial (exodontia de sisos e pequenas cirurgias).

Em caso de urgências e emergências, a população pode ser atendida nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), na zona Sul e na zona Leste de Porto Velho. De acordo com Francielli Pasquim Tolotti, gerente da Divisão de Saúde Bucal, através de parcerias também foi possível melhorar a qualidade nos serviços odontológicos prestados pela Semusa.

“Além das UBSs e das UPAs, procuramos manter parcerias que aumentem as áreas de atendimento oferecidas para a população. Hoje, em colaboração com o Governo do Estado, através da Policlínica Oswaldo Cruz, é possível que pacientes que necessitam de uma intervenção cirúrgica sejam atendidos. Os pacientes também podem ser orientados em casos de lesões graves ou suspeitas, através do encaminhamento para a clínica de odontologia e estomatologia do Centro Universitário Aparício Carvalho.”

A gerente também explica que o trabalho dos profissionais este ano foi pautado na conscientização e no acompanhamento da população, por meio de visitas aos pacientes, orientações aos moradores, palestras educativas e a distribuição de mais de 5 mil kits de higiene bucal nas escolas municipais. Em 2023, o planejamento é trabalhar para oferecer um serviço cada vez melhor à população.

“Queremos possibilitar cada vez mais condições de trabalho aos profissionais, porque assim é possível oferecer conforto e atendimento digno para os pacientes. Em 2023, teremos a aquisição de novos equipamentos e materiais de qualidade. Também temos o desafio de preencher as vagas de dentista em todas as unidades da zona rural, e já fizemos um chamamento emergencial para tornar isso possível.”

Texto: Taís Botelho
Foto: Leandro Morais

Nenhum comentário