728

Rondônia Rural Show Internacional cresce a cada ano e aumenta número de negócios e expositores

Share:

A cada ano, a Rondônia Rural Show bate recordes em negócios e participação de expositores

Porto Velho, RO - A 11ª Rondônia Rural Show Internacional, marcada para o período de 20 a 25 de maio, no Centro Tecnológico Vandeci Rack, em Ji-Paraná, consolidou-se como a maior Feira do Agronegócio da região Norte, em razão do crescimento anual do número de agroindústrias participantes, empresas voltadas ao setor produtivo, artesãos e visitantes. Criada em 2012, com o tema, o evento contou com a participação de pouco mais de 200 expositores, somou cerca de R$ 186 milhões em negócios, e recebeu 25 mil visitantes, naquele ano.

De 2012 em diante, a Rondônia Rural Show, internacionalizada em 2014, em razão da participação de embaixadas e Câmaras de Comércio de vários países caribenhos, africanos e europeus; interessados na compra dos alimentos produzidos no Estado, não parou mais de crescer.

A partir de 2017, a Feira passou a ser realizada em um terreno de 52 hectares, doado pela Prefeitura de Ji-Paraná, localizado na saída para Presidente Médici. Isso garantiu a grandes empresas do Agro, a implantação definitiva de vitrines tecnológicas, espaços mais procurados pelos visitantes durante os dias do evento.

A Feira passou a ser realizada no terreno de 52 hectares doado pela Prefeitura de Ji-Paraná

De 2014 a 2016, a Rondônia Rural Show saltou de 250 expositores para 410, gerando em negócios naquele último ano, no Parque Hermínio Victorelli, sua antiga casa, cerca de R$ 485 milhões em negociações.

Já no Parque Tecnológico Vandeci Rack, a Feira só cresceu. Em 2023, com o tema “Tecnologias Sustentáveis”, a título de exemplo, só de agroindústrias foram 44 participantes, que geraram R$ 539.456,11 (quinhentos e trinte e nove mil, quatrocentos e cinquenta e seis reais e onze centavos) de renda. Ao todo, foram negociados R$ 3,5 bilhões e cerca de 630 expositores estiverem presentes.

Em 2024, a Rondônia Rural Show Internacional traz como tema: “Agricultura da Amazônia”. Os novos e antigos expositores estão encaminhando os Termos de Compromissos às divisões da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri). A expectativa é de avanço no número de expositores para a participação neste ano.

O titular da pasta, Luiz Paulo ressaltou sobre o evento. “A expectativa é que mais uma vez, a Feira tenha bons números e se consolide ainda mais, como o maior evento do Agro da região Norte”, concluiu.A

Nenhum comentário