728

Mulher é presa suspeita de enterrar filho recém-nascido vivo

Share:

Mulher jogou placenta em vaso sanitário e enterrou recém-nascido no quintal. Crime ocorreu há 15 anos, mas ela foi presa na sexta (1°/3)

Porto Velho, RO - Uma mulher foi presa suspeita de enterrar o próprio filho recém-nascido e vivo, em um quintal na cidade de Rio Verde, no sudoeste goiano. Segundo a Polícia Civil, antes de enterrar o recém-nascido, a mulher jogou a placenta em um vaso sanitário.

suspeita, que não teve a identidade revelada, acabou detida na última sexta-feira (1°/3), na Operação Xadrez 121, que cumpre mandados de prisão contra autores de homicídio, feminicídio, roubo e outros crimes. A investigação da polícia aponta que o crime foi cometido em 24 de setembro de 2009, há quase 15 anos.

Conforme a investigação, na época do crime, a polícia foi acionada por terceiros e localizou o bebê enterrado no quintal da casa, já morto. A perícia feita no corpo do recém-nascido, que era um menino, apontou que ele nasceu com vida, por isso, a mulher foi indiciada por homicídio qualificado.

Presa por infanticídio

A mulher foi denunciada por infanticídio, que ocorre quando a mulher dá à luz e mata o filho em seguida por influência do estado mental do pós-parto. Em 2009, a mulher afirmou em depoimento à polícia que não sabia que estava grávida. Disse ainda que o bebê não apresentou nenhum tipo de reação ao nascer.

A suspeita, detida preventivamente, foi encaminhada ao Presídio de Serranópolis.A

Fonte: Metropoles

Nenhum comentário