728

Como está Emily, a refém de 9 anos que foi sequestrada pelo Hamas

Share:

A criança passou 50 dias em cativeiro, depois de ter sido levada pelo Hamas no dia 7 de outubro, quando estava em uma festa do pijama em Israel

Porto Velho, RO - O pai de Emily Hand, a refém do Hamas cujo pai inicialmente expressou alívio com sua suposta morte, mas que, afinal, estava viva, relatou o estado atual da menina, que possui nacionalidade israelense e irlandesa.

Segundo o que contou à Sky News, Emily, de nove anos, sofre agora de ataques de pânico e fala muitas vezes sussurrando. Após ser libertada 50 dias depois do o ataque do grupo islâmico em 7 de outubro, ela compartilha poucas informações sobre o tempo em cativeiro. "De vez em quando, dá pequenas informações. Mas, do ponto de vista dos psiquiatras, não nos é permitido questioná-la de forma alguma. Eles disseram: 'Não, o que ela quiser dizer voluntariamente, que venha ao de cima'", explicou o pai.

Thomas Hand revelou que a filha foi ameaçada com uma faca enquanto era refém, uma experiência terrível para um pai. Embora todos queiram voltar para Be'eri, em Israel, onde suas casas foram destruídas, Emily mostra relutância devido à proximidade do local com Gaza, chamando-o de 'caixa', mas também pela presença de seus amigos lá.

O pai expressou o desejo de que a filha se recupere completamente e não tenha mais ataques de pânico. Emily foi sequestrada durante uma festa do pijama pelo Hamas. As Forças de Defesa de Israel posteriormente confirmaram que não encontraram o DNA de Emily nos corpos das vítimas do ataque, indicando que ela estava viva.

Ela foi libertada em 17 de novembro, junto com outros 12 reféns.

Fonte: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário