728

Quem é o aluno cuja redação “nota mil” virou caso de polícia

Share:

Igor Kleyverson da Silva, de 23 anos, apesar de anunciar nota 1.000 na redação do Enem, tirou apenas 680

Porto Velho, RO - A nota 1.000 do estudante Igor Kleyverson da Silva, de 23 anos, no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) virou caso de polícia, após ser descoberto que a pontuação real do jovem na prova de redação foi de 680.

De acordo com informações do Diario de Pernambuco, parceiro do Metrópoles, a Polícia Civil do estado afirmou que abriu inquérito para apurar o fato. A corporação ressaltou que “as diligências já foram iniciadas e seguem até completa elucidação do caso”.

A suposta nota mil de Igor Kleyverson ganhou repercussão na imprensa e nas redes sociais após o jovem informar o resultado no Enem. O cursinho onde ele estudava chegou a fazer publicação em que comemorava a nota.

O jovem é natural da cidade de Escada, e é filho de um serralheiro e de uma merendeira. Igor Kleyverson estava na quarta edição do exame.

Após a repercussão negativa do caso, o pernambucano veio a público, nessa quarta-feira (17/1), e afirmou que pode ter sido vítima de um hacker ou de um erro no sistema do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Segundo o estudante, as alterações também teriam ocorrido em outras áreas de conhecimento, como Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que foram de 594,4 para 634,4, e Matemática, que passou de 632,5 para 917,5.

Em nota enviada ao Diario de Pernambuco, o Inep informou que “a base de dados com os resultados das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 é a mesma desde a publicação no ambiente de administrador da Página de Participante, que ocorreu em 15 de janeiro de 2024 para a divulgação realizada no dia seguinte”.

Fonte: Metropoles

Nenhum comentário