728

Defesa Civil Estadual amplia raio de atuação criando 22 unidades municipais

Share:

Capacitação acelera o atendimento à população

Porto Velho, RO - Para mitigar os efeitos causados pela seca em Rondônia, o Governo do Estado tem intensificado o trabalho de monitoramento de todo o território. A ação é executada pela Defesa Civil Estadual e uma das primeiras estratégias operacionais estabelecidas pelo órgão, que é vinculado ao Corpo de Bombeiros, é ampliar o raio de atuação no âmbito municipal.

Na prática, trata-se de uma organização técnica que necessita da participação efetiva dos municípios, uma vez que os trabalhos de defesa civil estão organizados em escalas, e cada ente da Federação precisa estar capacitado e pronto para atuar.

Segundo o coordenador da Defesa Civil Estadual, Tadeu Sanchez Pinheiro, 22 municípios do Estado ainda não têm unidades criadas. O objetivo é criar essas unidades, e em seguida capacitar os profissionais das cidades onde há Defesa Civil em operação. “Já nos reunimos com os prefeitos de todo o Estado, explicamos a necessidade e agora estamos iniciando o processo de criação. Os municípios vão indicar os profissionais que serão responsáveis pelos trabalhos locais e o Estado se responsabiliza pelas instruções”, explicou.

De acordo com o cronograma de trabalho da Defesa Civil, nos dias 11 e 15 de dezembro, representantes dos municípios que precisavam criar suas unidades estiveram reunidos em São Miguel do Guaporé, onde aconteceu o curso de criação e capacitação. Nos dias 19 e 20 de dezembro, realizou o curso de atualização dos municípios que já possuem o órgão. O encontro ocorreu em Jaru.

O QUE É DEFESA CIVIL?

É um órgão multissetorial, que conta com a participação de diversos outros órgãos públicos (das esferas municipal, estadual e federal), cujo objetivo está muito além da atuação em momentos de desastres; desenvolve também ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação. São ações de defesa e proteção da sociedade, por isso a importância da conexão entre estado e municípios.

Nenhum comentário