728

COMUNIDADE - Tradicional Festival de Nazaré começa nesta sexta-feira com apresentação do Grupo Minhas Raízes

Share:

O Grupo Minhas Raízes fabrica seus próprios bioinstrumentos com o que a natureza descarta, despertando a consciência ambiental


O Grupo Minhas Raízes, fundado no distrito de Nazaré em 2005, deu visibilidade à comunidade por meio de sua arte

O Festival Cultural de Nazaré é uma celebração que acontece há 50 anos, em Nazaré, na região do Baixo Madeira, distrito de Porto Velho. O evento que acontece nesta sexta-feira (28) e sábado (29), conta com o apoio do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer – Sejucel, que disponibilizou recursos destinados à estrutura, como telões de led, som e iluminação, para que as apresentações culturais proporcionem um evento de qualidade a todos os participantes.

O Grupo Minhas Raízes, fundando na comunidade de Nazaré em 2005, é um dos mais renomados grupos da Amazônia e deu visibilidade à comunidade por meio de sua arte. O grupo fabrica seus próprios bioinstrumentos com o que a natureza descarta, despertando a consciência ambiental, e canta os costumes e tradições dos povos Amazônicos. Já tem quatro álbuns gravados, vários clipes, e é tema em vários trabalhos acadêmicos de mestrado, doutorado, e demais pesquisas sobre o segmento artístico em Rondônia e outros estados brasileiros.

Minhas Raízes é um dos mais renomados grupos da Amazônia

O produtor do grupo, Tulho Nunes ressaltou que, o Grupo Minhas Raízes foi criado há 18 anos com o objetivo da expandir a cultura e arte ribeirinha de Rondônia. “O Grupo Minhas Raízes, tem hoje nove integrantes. É um dos principais responsáveis pela atual expansão da cultura e arte ribeirinha do Estado através de suas músicas e trabalhos audiovisuais realizados. O objetivo sempre foi levar as pessoas para Nazaré, que é a casa do grupo, fomentando assim a cultura dos povos amazônicos”, disse.

ESTRUTURA

O secretário da Sejucel, Júnior Lopes ressaltou que, é por meio da valorização da cultura que se consegue enriquecer ainda mais a identidade do cultural Estado. “O Festival Cultural de Nazaré tem sido organizado para proporcionar um evento de qualidade a todos os participantes, com uma estrutura adequada e apresentações culturais memoráveis. Convidamos a todos para prestigiarem esse evento tão especial, onde a tradição e a arte ribeirinha se encontram em uma celebração única e emocionante”, disse.

O Festival Cultural de Nazaré foi reconhecido como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Rondônia,  por meio do Decreto nº 28.188, de 14 de junho de 2023.  O Governo do Estado assegurou a proteção e valorização desse importante evento, garantindo sua preservação sob a responsabilidade do Poder Público. A Secretaria da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer – Sejucel teve papel fundamental no parecer que consagrou a festa como um patrimônio cultural digno de ser celebrado e perpetuado.

Texto: Paulo Amorim Fotos: Leandro Morais Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário