Reforma tributária se compara com implementação do Plano Real no Brasil, diz Haddad - RONDONIA 319

728

Reforma tributária se compara com implementação do Plano Real no Brasil, diz Haddad

Share:

O titular da pasta enviou a proposta da reforma ao Congresso nesta quarta-feira (24). Pacheco promete sua regulamentação ainda neste ano

Porto Velho, RO - O Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta quinta-feira (25), em um evento voltado para profissionais do direito tributário em São Paulo, que a reforma tributária se compara com a implementação do Plano Real no Brasil, em 1994, e outros eventos econômicos que mudaram o cenário fiscal no país.

“Eu compararia a reforma tributária há eventos como o Real, às reservas cambiais e à redução da dívida pública na primeira década dos anos de 2000. São coisas que começaram a enxergar o pobre no orçamento público”, disse o ministro da Fazenda, de acordo com a CNN Brasil, que destacou que estes eventos mudam a cara e reconfiguram o país.

O titular da pasta enviou a proposta da reforma ao Congresso nesta quarta-feira (24). O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, promete a regulamentação da reforma tributária ainda neste ano

“Otimismo”- Haddad disse estar otimista em relação à aprovação pela Câmara dos Deputados, até julho, da regulamentação da reforma tributária sobre o consumo. Em uma análise do texto proposto, Haddad destacou que a nova fórmula visa substituir um sistema considerado "cumulativo, pouco transparente e injusto, que penaliza os mais pobres".

"Os tributos no Brasil são cumulativos. No fim, ninguém sabe quanto paga de imposto sobre o que consome. O sistema é ineficiente e pouco transparente. A nova formulação dá visibilidade para o brasileiro, ele saberá quanto está pagando", disse o ministro à coluna da jornalista Daniela Lima, do G1.

Haddad ressaltou que, a longo prazo, a regulamentação da tributação sobre o consumo abre caminho para a taxação dos super-ricos, buscando um modelo mais equitativo e alinhado com práticas adotadas por países desenvolvidos. "No Brasil, proporcionalmente à renda, os pobres pagam mais imposto do que os ricos. Essa reforma prepara terreno para que nós nos aproximemos do que fazem os países desenvolvidos, que taxam de maneira mais justa os mais ricos", ressaltou.

Plano Real - O plano foi um programa econômico implementado no Brasil em 1994 com o objetivo principal de controlar a hiperinflação que assolava o país na época. Foi concebido e executado durante o governo do presidente Itamar Franco, com Fernando Henrique Cardoso como Ministro da Fazenda e liderado por uma equipe de economistas renomados, como Gustavo Franco e Pérsio Arida.

Fonte: Brasil247

Nenhum comentário