728

Mais de 60 mil crianças foram beneficiadas com o Programa Saúde na Escola em 2023

Share:

Objetivo do projeto é promover saúde e bem-estar para os estudantes

Porto Velho, RO - De janeiro a dezembro de 2023, cerca de 61 mil alunos de escolas municipais e estaduais de Porto Velho foram beneficiados com atividades do Programa Saúde na Escola (PSE), que visa intensificar o desenvolvimento de crianças e adolescentes por meio de estratégias de prevenção, promoção e reabilitação da saúde e bem-estar. O projeto, desenvolvido pela Prefeitura, é fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Durante o ano inteiro, todas as unidades de saúde da rede municipal realizaram ações dentro e fora das redes de ensino das zonas urbana, rural e nos distritos, com o objetivo de promover o autocuidado entre as crianças e minimizar riscos de doenças, através de estratégias individuais e coletivas com a integração entre saúde e educação.

Para a médica pediatra e secretária adjunta da Semusa, Marilene Penati, o Programa Saúde na Escola é fundamental para um crescimento saudável. A adjunta destaca ainda as ações realizadas com foco no bem-estar físico e mental das crianças.


Mais de 80 escolas desenvolveram as 14 atividades previstas no PSE

“Ao longo deste ano, foram realizadas diversas atividades voltadas à saúde da população em geral. Uma delas é o PSE que beneficiou 61 mil crianças com uma série de atividades pontuais para promover a saúde dos pequenos. Essa parceria entre saúde e escola é fundamental para o bom desenvolvimento, tanto intelectual, quanto emocional, do público infantojuvenil”, afirma.

Mais de 80 escolas desenvolveram as 14 atividades previstas no PSE, como:

- Atualização do esquema vacinal;
- Prevenção das violências e dos acidentes;
- Saúde bucal;
- Combate ao uso de drogas e álcool;
- Saúde mental e educação sexual.

Além da iniciativa de cuidados com alimentação saudável e prática de exercícios físicos, o foco principal deste ano.


O PSE contribui para um conhecimento importante que deve ser ensinado desde cedo

A enfermeira e coordenadora do Programa Saúde na Escola da Semusa, Maria de Lourdes, explica que a meta para os anos de 2023 e 2024 era atender 60 mil alunos, expectativa essa que foi ultrapassada no ano passado.

“Foram mais de 80 escolas participantes e 61 mil alunos beneficiados com o PSE só em 2023. O sentimento é de gratidão e objetivo alcançado. É resultado de um trabalho em conjunto entre a saúde e educação para promover o crescimento saudável das nossas crianças e adolescentes. Cerca de 85% dos alunos que recebem essa atenção básica nas escolas não precisam buscar tão cedo uma unidade de saúde para atendimento primordial”, destaca a coordenadora.

O PSE contribui para um conhecimento importante que deve ser ensinado desde cedo: o ambiente escolar é o melhor lugar para se aprender sobre hábitos saudáveis, prevenção de doenças e noções básicas de higiene. As ações do programa são executadas para todos os públicos estudantis, em 124 escolas, sendo 89 da rede municipal e 35 da rede estadual.



Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Nenhum comentário