728

Prefeitura intensifica ações de combate ao HIV através da campanha Dezembro Vermelho

Share:

Atividades estão sendo realizadas durante todo o mês afim de propagar a prevenção contra o vírus

Porto Velho, RO - Com o objetivo de conscientizar a população sobre a campanha Dezembro Vermelho, mês que marca a luta contra o HIV/Aids, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), intensificou as ações de combate ao vírus na capital.

As atividades começaram na semana passada, com a participação da Semusa na abertura do Dezembro Vermelho. Além disso, a pasta de saúde realizou uma atividade com pacientes na Unidade de Saúde Renato Medeiro, na zona Sul.

No local, foram oferecidos testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C. Os pacientes também participaram de palestras e receberam orientações sobre a importância de realizar a testagem periodicamente.


Maria Zuleide, 78 anos, aproveitou para fazer o teste

Dona Maria Zuleide, de 78 anos, participou da atividade e já aproveitou para fazer o teste de ISTs. “Eu acho muito importante fazer esses exames, porque a gente nunca sabe de o que pode ter. Então, sempre que eu venho aqui no postinho eu procuro fazer o teste, e graças a Deus nunca deu resultado positivo”, disse dona Maria.

Segundo o médico do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), Marco Verçosa, esse acompanhamento por parte dos pacientes é necessário e fundamental, servindo até mesmo como uma prevenção.

“Essa busca pela testagem é muito importante, porque quem se testa tem o resultado na mão. Em caso de diagnóstico positivo, essa pessoa vai começar a fazer o tratamento. Caso ele seja feito corretamente, isso vai evitar que outras pessoas sejam contaminadas”, explica o médico.


Médico diz que, com diagnóstico positivo na mão, o tratamento logo é disponibilizado

AÇÕES

Além disso, a Semusa vai promover outras atividades durante o mês. Nesta terça-feira (5), o Núcleo de Infecções Sexualmente Transmissíveis da pasta, realiza, a partir das 17h, o “Pit Stop Prevenção Positiva”, no Parque da Cidade.

Vanessa Correa, subgerente do Núcleo de ISTs, explica a estratégia do local. “A Semusa decidiu realizar a atividade no Parque da Cidade por ser uma região onde as pessoas estão frequentando muito, por conta da decoração natalina. E o nosso foco, é alertar a população sobre os cuidados e informar dos métodos de prevenção”.

Na próxima semana, a Semusa também realiza outras duas atividades sobre a Campanha Dezembro Vermelho. Na quarta-feira (13), acontece a palestra sobre Abordagem, Acolhimento e Prevenção ao HIV. O evento será direcionado aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).

Já na quinta-feira, a pasta municipal de saúde realiza um Simpósio sobre Atualização do Manejo Clínico do HIV e Hepatites Virais. O evento contará com diversos profissionais de saúde, que serão pessoas multiplicadoras para propagarem aquela nova metodologia nas unidades de saúde.

DADOS


Vanessa Correa fala sobre o pit stop no Parque da Cidade com estratégia de alacançar mais pessoas

Segundo dados da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Semusa, os casos de HIV cresceram em Porto Velho. Em 2021, 298 casos foram registrados no município. Já em 2022, o número passou para 317. Neste ano, de janeiro até setembro, 248 pessoas foram infectadas com o vírus.

PREVENÇÃO

O combate ao HIV é uma luta que deve ser carregada por toda a população. As medidas de prevenção são os métodos mais eficazes contra a doença. O uso de preservativos masculino ou feminino é uma das opções que está disponível em todas as unidades de saúde do município.

O médico do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), Marco Verçosa, explica que além desses métodos, tem, também, a prevenção combinada.

“Nós temos a Profilaxia Pré-Exposição que é um dos métodos da prevenção combinada. Ela é muito eficaz, se for utilizada corretamente. Temos também a Profilaxia Pós Exposição, a PEP, que também tem muita eficiência, caso seja utilizada o mais rápido possível após a exposição ao HIV e seguida corretamente durante os 28 dias. Então, é importante dizer que o SUS salva vidas, só basta as pessoas utilizarem a prevenção”, relata Marco.

Vale destacar que todos esses serviços estão disponíveis durante todo o ano em todas as unidades de saúde do município. Além deles, a testagem para as ISTs também é oferecida todos os dias do ano em Porto Velho.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Nenhum comentário