728

Oriente Médio: ganha força nova negociação mediada pelo Catar e Egito

Share:

Israel quer incluir em um novo acordo pessoas com saúde debilitada

Porto Velho, RO - O líder político do Hamas, Ismail Haniyeh, chegou nesta quarta-feira (20) ao Cairo para conversações. Segundo os meios de comunicação do Oriente Médio, Israel quer incluir em um novo acordo mulheres e homens em más condições de saúde. 

O Hamas afirmou recentemente que só aceitaria libertar mais reféns mediante um cessar-fogo permanente. O governo israelense mantém oficialmente a fórmula de que a guerra só terminará quando o movimento radical palestino for afastado do poder na Faixa de Gaza.

Nessa terça-feira, porém, o presidente israelense, Isaac Herzog, abriu uma brecha em seu discurso, ao sinalizar que o Estado hebraico estaria "pronto para outra pausa humanitária".
Chanceler britânico

O ministro britânico dos Negócios Estrangeiros, David Cameron, viajará nesta semana à Jordânia e ao Egito. Ele vai promover tentativa de cessar-fogo dito sustentável na Faixa de Gaza ou pausas humanitárias. Cameron estará acompanhado de Tariq Amad, responsável pela pasta Oriente Médio no Executivo do Reino Unido.

Entre os objetivos anunciados pelo Foreign Office estão "esforços para garantir a libertação de todos os reféns, aumento da ajuda a Gaza e fim dos ataques do Hamas e ameaças contra Israel".
Israel

O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Daniel Hagari, adiantou que o Exército intensifica e aprofundar as operações em Khan Younis.

"Acrescentamos uma brigada completa e forças adicionais de engenharia à operação na área - forças de engenharia para melhor as nossas operações. Estamos intensificando forças nos redutos do Hamas em Khan Younis, para desmantelar o movimento radical palestino, mantendo determinação onde for necessário", afirmou.

Fonte: AG/BR

Nenhum comentário