Operação Shield da Polícia Civil desmantela plano de sequestros e atentados contra autoridades em Rondônia - RONDONIA 319

Operação Shield da Polícia Civil desmantela plano de sequestros e atentados contra autoridades em Rondônia

Share:

Ação policial resulta em prisões e apreensão de armas, revelando ameaças a juízes, promotores e servidores públicos

Porto Velho, RO - Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Civil deflagrou a Operação Shield em diversas cidades de Rondônia, desmantelando uma organização criminosa que tramava sequestros e atentados contra a vida de autoridades. A ação visa garantir a segurança da população e coibir atividades ilegais.

Agentes cumprem oito mandados de busca e apreensão em diferentes municípios

Os agentes da Polícia Civil cumpriram oito mandados de busca e apreensão nas cidades de Nova Mamoré, Buritis, Campo Novo, Jaru e no distrito de Tarilândia, em Jaru. Essa ação visa desarticular a estrutura criminosa e reunir evidências que ajudem nas investigações em andamento.

Alvos planejados eram juízes, promotores e servidores públicos

A organização criminosa tinha como alvos principais juízes, promotores e servidores públicos. Os planos incluíam sequestros e atentados contra a vida dessas autoridades, gerando grande preocupação com a segurança institucional.

Duas pessoas foram presas e armas de fogo foram apreendidas até o momento

Até a última atualização, as ações da Operação Shield já resultaram na prisão de duas pessoas envolvidas na organização criminosa. Além disso, armas de fogo foram apreendidas, contribuindo para a neutralização imediata de potenciais ameaças.

Organização Criminosa já possuía recursos significativos para executar os planos

As investigações revelaram que a organização criminosa já havia reunido recursos consideráveis para a execução dos planos de sequestro e atentados. A ação rápida da polícia visa evitar que esses recursos se concretizem em ameaças reais.

Apoio operacional da CORE, unidades da polícia civil e GAECO do MP-RO

A Operação Shield contou com o apoio operacional da CORE, unidades da Polícia Civil de Jaru e Nova Mamoré, além do GAECO do Ministério Público de Rondônia. A colaboração entre as forças de segurança é fundamental para o sucesso das operações de combate ao crime organizado.

Em resumo, a ação policial desarticulou uma ameaça significativa à segurança pública, resultando em prisões, apreensões e interrupção dos planos perigosos da organização criminosa. O trabalho conjunto das forças de segurança reforça o compromisso em garantir a tranquilidade da população e a integridade das autoridades do estado.

Nenhum comentário