Polícia Federal de Rondônia realiza prisão em flagrante por crimes em terra indígena - RONDONIA 319

Polícia Federal de Rondônia realiza prisão em flagrante por crimes em terra indígena

Share:

O suspeito foi detido por atividade clandestina de telecomunicação, crime ambiental e receptação de madeira extraída de área de preservação

Porto Velho, RO - A Polícia Federal, realizou, nesta quinta-feira, 2/11, a prisão em flagrante de um homem por desenvolver clandestinamente atividade de telecomunicação, transportar madeira sem documentação exigida por lei e receptar madeira extraída de Terra Indígena, durante fiscalização de rotina realizada em Espigão do Oeste/RO, em área limítrofe com as Terras Indígenas Roosevelt e Aripuanã.

Durante fiscalização de rotina, equipes da Polícia Federal composta por seis policiais se depararam com um caminhão parado no bordo da pista com problemas mecânicos, sem placas de identificação e carregado com cinco toras de madeira nativa. O motorista do veículo, quando abordado, não tinha nenhum documento de origem e transporte da madeira (Documento de Origem Florestal - DOF).

Ante a fundada suspeita da ocorrência de crime, os agentes realizaram buscas na cabine do veículo e encontraram um rádio de comunicação não homologação pela Anatel, com um transceptor (aumenta a potência do rádio) e a antena. Esse equipamento é comumente utilizado por aqueles que transportam madeira ilegalmente retiradas de Terras Indígenas, para se comunicarem e evadir-se das ações fiscalizatórias.

O suspeito foi encaminhado para o sistema prisional, permanecendo à disposição da justiça. Ele responderá por crime ambiental e pelos crimes de receptação e de desenvolvimento clandestino de atividade de telecomunicação, cujas penas somadas podem chegar a nove anos de prisão.


Fonte: Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia

Nenhum comentário