728

Passagem de Gaza para o Egito é reaberta, mas só para quem já estava nas listas anteriores

Share:

A autoridade de fronteira disse que ninguém que não estivesse em uma das listas seria autorizado a passar. Não há, portanto, novos nomes autorizados a deixar o território

Porto Velho, RO - A autoridade de fronteira de Gaza informou nesta segunda-feira (6) que egípcios e estrangeiros já nas listas pré-aprovadas poderão entrar no Egito, depois que a passagem de Rafah esteve fechada por dois dias.

A única entrada em Gaza não controlada por Israel foi aberta para estrangeiros e seus dependentes, bem como para feridos de Gaza a partir de quarta-feira. No entanto, a atividade humanitária foi interrompida no sábado após um ataque israelense a ambulâncias em Gaza, disseram autoridades egípcias. O fluxo de caminhões de ajuda, que também entram pela passagem, diminuiu, segundo fontes egípcias.

Três fontes de segurança egípcias disseram que o Egito estava buscando garantias para a segurança das ambulâncias usadas nas evacuações, incluindo escoltas do Comitê Internacional da Cruz Vermelha. Duas fontes de segurança disseram que o Egito também estava buscando aumentar a quantidade de ajuda que flui para Gaza, incluindo combustível, o qual Israel até agora se recusou a permitir.

"Qualquer esforço para levar comboios de ambulâncias com feridos para a passagem de Rafah deve ser acompanhado por veículos do CICV e da ONU para protegê-los e evitar que sejam bombardeados, como aconteceu com o último comboio", disse o gabinete de mídia do governo dirigido pelo Hamas.

As autoridades palestinas haviam divulgado listas de pessoas aprovadas para evacuação pelas autoridades egípcias e israelenses a partir de 1º de novembro até sábado. Nesta segunda-feira, a autoridade de fronteira disse que ninguém que não estivesse em uma das listas seria autorizado a passar, citando autoridades egípcias.

Uma fonte de segurança egípcia e uma fonte médica disseram que 30 feridos de Gaza e 55 egípcios eram esperados para serem evacuados no domingo, juntamente com um número não especificado de detentores de passaportes estrangeiros e seus dependentes.

Fonte: Brasil247

Nenhum comentário