728

Rondoniense viaja três dias de ônibus para vencer luta de MMA em São Paulo

Share:

O lutador só conseguiu chegar em São Paulo, para participar desse campeonato após realizar rifas

Porto Velho, RO - O lutador rondoniense César Augusto Mendes Wanderley, 30 anos, faixa Preta de Jiu-Jitsu, venceu o Maior Evento de MMA da América Latina Jungle Fight, Categoria 77kg Meio-Médio, realizado no último sábado (28), em São Paulo. Ele agora está credenciado para disputar o cinturão da categoria. Um motivo de orgulho para Rondônia já que ele está levando o nome de nosso Estado para mundo, pois, o evento é transmitido para vários países.

No entanto, a história desse professor de artes marciais, casado e pai de três filhos é de muita batalha para continuar lutando MMA. César tem pouco ou nenhum apoio do poder público e do empresariado local.

Só para se ter uma ideia, ele só conseguiu chegar em São Paulo, para participar desse campeonato após realizar rifas e ganhar alguns apoios financeiros de amigos e familiares que se cotizaram para ajudá-lo a comprar a passagem de ida, de ônibus. Foram três dias dentro de estrada até a capital paulista, onde chegou com os pés inchados e precisou se recuperar fisicamente e psicologicamente para participar dos combates.

A esposa do lutador, Ana Luíza Wanderley, contou para a reportagem que a vontade do marido em participar do evento sempre foi muito grande. Ela explicou que ele quis mostrar que em Rondônia temos atletas de alto nível e em condições de competir com lutadores de todo o país e do exterior. Apesar de todo esse ânimo, a luta do marido tem sido bem maior fora dos ringues, para conseguir patrocínio e apoio.

Quem quiser colaborar ou entrar em contato com lutador, pode fazer pelo 69 99256-4084 ou wanderleycesar02@gmail.com

Vale lembrar que o atleta tem seis lutas profissionais, onde venceu todas estando invicto. Isso demonstra a qualidade técnica dele na arte marcial base (Jiu-Jitsu). Todas as lutas foram ganhas por finalização, sendo cinco delas no 1º Round e uma no 2º round.

"Esse campeonato ocorre no formato de disputa entre estados, e acontece no Brasil inteiro de forma aleatória. Desde a 1ª luta estamos correndo atrás de apoio do Governo do Estado para o deslocamento, alimentação e hospedagem, porém, sem sucesso. Só foi possível a participação nesses eventos devido à realização de rifas, ajuda de familiares e amigos", afirmou.

"Continuamos buscando apoio do empresariado local e dos Governos municipal e estadual para garantirmos a participação dele nesses eventos, que é uma disputa entre Estados e Rondônia está em evidência com uma sequência de vitórias.

Hoje, agradecemos as ajudas da M&A Fisioterapia e Saúde, em nome do fisioterapeuta Magno, que é especialista em fisioterapia esportiva e trata e previne as lesões; do Dr. Everton Almeida de Souza - Nutrólogo que cuida da alimentação e preparação do corpo; da Churrascaria Boi na Brasa; Irmãos Olímpios, do JE Centro de Treinamento; e do deputado estadual Ribeiro do Sinpol", finalizou.

Fonte: SGC

Nenhum comentário