728

Rivaldo revela que pensou em desistir de jogar a Copa do Mundo de 2002

Share:

"Acho que o Felipão não vai me colocar. Se ele não me colocar, eu vou embora", disse Rivaldo

Porto Velho, RO - Um dos principais jogadores da seleção brasileira na conquista da Copa do Mundo de 2002, o meia-atacante Rivaldo revelou neste domingo que quase desistiu de disputar aquele Mundial por acreditar que não seria titular do time montado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

"Acho que o Felipão não vai me colocar. Se ele não me colocar, eu vou embora", disse Rivaldo ao lembrar da mensagem enviada para Carlito Arini, seu empresário, antes do início da Copa do Mundo. Os detalhes foram revelados durante uma entrevista para a TV Palmeiras.

Carlito Arini afirmou que já estava aceitando a decisão de Rivaldo quando o craque mudou de ideia após ser escolhido o melhor da partida na vitória sobre a Turquia por 2 a 1, na estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2002.

"Como vim de uma Copa perdida, fui para 2002 machucado, então você diz: eu tenho que jogar o primeiro jogo e jogar bem. Eu me escalei na Copa pelo jogo contra a Turquia, fiz o gol de pênalti, dei o passe para o Ronaldo e pronto. Porque um jogo mais ou menos, a imprensa derruba. Aconteceu com o Giovanni em 1998. Não fez nada para ser substituído e não jogar mais. Foi aí que tudo mudou", afirmou.

Com passagens por Palmeiras, Cruzeiro, São Paulo e Barcelona, Rivaldo terminou aquela Copa do Mundo com quatro gols e como um dos destaques da seleção brasileira. Ele agradeceu Felipão pela oportunidade e relembrou a angústia para saber se seria escalado pelo treinador.

"Sou grato ao Felipão por tudo que ele fez, ter me levado para a Copa do Mundo, ainda mais machucado. Quando me recusei, ele não me falava se eu ia jogar. Dizia para alguns, mas não me confirmava. Mas falei aquilo pelo momento. Talvez eu nem teria ido embora, não sei. Mas perder a Copa como perdemos (em 1998), ter uma nova oportunidade de jogar, eu só conseguia pensar em não ficar de fora", afirmou.

Rivaldo fez 75 jogos com a camisa da seleção brasileira, marcou 35 gols e deu cinco assistências. No total, conquistou três títulos: a Copa das Confederações (1997), a Copa América (1999) e a Copa do Mundo (2002).

Fonte: Notícias ao Minuto

Nenhum comentário