Obras para distribuição de água tratada realizada em Porto Velho vai contemplar bairros da Capital - RONDONIA 319

728

Obras para distribuição de água tratada realizada em Porto Velho vai contemplar bairros da Capital

Share:

Os serviços contemplam desde a construção de reservatórios de água instalados em diferentes bairros da Capital, como também a instalação de rede de distribuição nas ruas e avenidas

Porto Velho, RO - O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Obras de Estado e Serviços Públicos — Seosp, tem realizado diversas obras em Porto Velho que visam solucionar os problemas de distribuição de água tratada para a população.

Com recursos advindos do Programa de Aceleração do Crescimento — PAC, do governo federal, e com contrapartida do governo estadual, os serviços contemplam desde a construção de reservatórios de água instalados em diferentes bairros da Capital, como também a instalação de rede de distribuição nas ruas e avenidas, que levará água tratada diretamente às casas dos moradores.

Ao todo, Porto Velho receberá aproximadamente 244 km de rede de tubulação instalada e cerca de 23 mil ligações domiciliares, que irão distribuir água tratada diariamente para a população dos bairros da Capital.

Para armazenamento de água, estão sendo construídos reservatórios, sendo que estão em execução o Reservatório do Sistema Mariana e do Sistema Sul, com capacidade de 10.500 m³, e já concluídos os reservatórios do Sistema do Pantanal e Nacional, que juntos comportam 2.250 m³ de água tratada e apropriada para o uso doméstico.

Em Porto Velho, além da construção dos reservatórios, estão sendo realizados também os serviços de implantação de rede de distribuição e adutoras de água bruta e tratada.

Com as obras, os porto-velhenses terão à disposição mais água tratada, trazendo uma série de benefícios para a população, como melhorias na saúde pública, reduzindo assim a propagação de doenças transmitidas pela água e garantindo bem-estar coletivo e o desenvolvimento dos bairros.

Os investimentos aplicados na Capital com tais obras somam o montante de R$ 226.855.453,66 milhões (duzentos e vinte e seis milhões, oitocentos e cinquenta e cinco mil, quatrocentos e cinquenta e três reais e sessenta e seis centavos).

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, as obras realizadas em Porto Velho visam garantir qualidade de vida para a população.

ESCAVAÇÃO E RECOMPOSIÇÃO ASFÁLTICA


Recomposição asfáltica realizada na Rua Juventos, zona Sul de Porto Velho
Os serviços de assentamento de redes e de adutoras para a distribuição da água passam por várias etapas.

Inicialmente ocorre a escavação do solo, o assentamento da tubulação e a realização do teste hidrostático da rede, cujo objetivo é evitar vazamentos que podem trazer transtornos aos moradores.
Após as etapas, é realizada a recomposição das valas com solo, e, por fim, a recomposição asfáltica das vias, para assegurar que a população possa transitar pelo local sem prejuízos. A recomposição é feita com o recapeamento da massa asfáltica, que consiste no processo de reparação ou restauração do pavimento desestruturado.

O secretário da Seosp, Elias Rezende, explica que a obra de expansão da rede é fundamental para garantir o acesso à água de qualidade. “Cumprir com as leis e regulamentações de saneamento e promover o desenvolvimento sustentável, é uma jornada que requer paciência e colaboração da comunidade”, ressaltou.

Nenhum comentário