Bin Laden, líder do PCC, se forma em prisão de segurança máxima do DF - RONDONIA 319

728

Bin Laden, líder do PCC, se forma em prisão de segurança máxima do DF

Share:

Formatura de Bin Laden ocorreu na última 3ª feira (10/10), com recebimento de certificado na presença de professores e pedagogos

Porto Velho, RO - A Penitenciária Federal em Brasília (PFBra), com apoio da Divisão de Reabilitação (Direb), promoveu a cerimônia de formatura do interno Célio Marcelo da Silva (foto em destaque), conhecido como Bin Laden, que concluiu o ensino médio. O preso integra a cúpula da facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC). A solenidade ocorreu na última terça-feira (10/10), com recebimento de certificado na presença de professores e pedagogos.

Os internos têm oferta de conclusão da educação básica, nos níveis fundamental e médio, por meio de Acordo de Cooperação Técnica com a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF). Os professores atendem presencialmente os presos na penitenciária. Todos seguem projeto pedagógico e calendários definidos pela pasta.

No âmbito do Sistema Penitenciário Federal (SPF), a assistência educacional é atividade normatizada no manual de assistências. Para a diretora da PFBRA, Amanda Teixeira, “o momento é simbólico, pois demonstra a capacidade do SPF de custodiar os principais líderes de organizações criminosas, mantendo a rigidez e os procedimentos [necessários], sem deixar de observar direitos e garantias desses cidadãos”.

Ensino médio

A Penitenciária Federal em Brasília informa que tem garantido a universalização do acesso à educação e que atingiu a graduação no ensino médio de 75% dos internos.

O processo prevê qualidade na oferta, de forma ampla e diversa, com garantia e demonstração de ganho pedagógico; nível educacional; possibilidade de elevação das condições de trabalho; promoção da saúde, inclusive mental; abordagens relacionadas às diversidades; e eliminação do analfabetismo na unidade prisional.

Bin Laden

Transferido para penitenciária federal em 2019, Bin Laden foi condenado a 254 anos de prisão. Ele é apontado como autor do sequestro de Marina da Silva Souza, mãe do ex-jogador de futebol Robinho. O crime ocorreu em 2004.

O empresário Girz Aronson, dono de uma rede de lojas de eletrodomésticos, também foi sequestrado pela quadrilha do faccionado, em setembro de 1998. Em 2002, o alvo foi o fazendeiro João Bertin, proprietário de uma rede de frigoríficos.

Bin Laden também ostentava um registro de oito fugas da prisão e duas tentativas. Além disso, teria planejado o resgate dele e da liderança do PCC na Penitenciária de Venceslau, em São Paulo, em fevereiro de 2014.

Fonte: Metropoles

Nenhum comentário