728

Brasil completa 201 anos de Independência com episódios importantes de sua história

Share:

A solenidade contou com o acendimento da pira, que simboliza o calor patriótico do povo brasileiro

Porto Velho, RO - O início das comemorações alusivas à Semana da Pátria aconteceu na sexta-feira, (1°). A Proclamação da Independência do Brasil é lembrada todos os anos por alunos de diversas escolas, entidades civis e forças militares do Estado de Rondônia.

Neste ano, a abertura solene teve a presença de servidores, estudantes, autoridades e membros de todas as forças militares de segurança no Palácio Rio Madeira – PRM, em Porto Velho. A solenidade contou com o acendimento da pira, pelo estudante e paratleta Danilo Silva, simbolizando o calor patriótico do povo brasileiro, com o hasteamento da Bandeira do Brasil e o Hino Nacional, Hino da Bandeira e de Rondônia.

O acendimento da pira foi feito pelo estudante Danilo Silva

É tradição da população prestigiar todos os anos os festejos comemorativos nas principais cidades do país, que são marcados por desfiles dos quais participam tropas das Forças Armadas: Marinha do Brasil, Exército e Aeronáutica, escolas, instituições e entidades civis.

Para o professor e historiador Célio Leandro da Silva, o ato da Independência do Brasil representa muito para a história, pois foi o pontapé inicial para a sociedade democrática. “Se temos o direito de escolha, é graças aos eventos históricos que vêm acontecendo ao longo do tempo. A Independência do Brasil marcou uma ruptura e o país pode começar a organizar sua gestão política”, considerou.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, declarou que ser brasileiro é acreditar na força da Pátria e do povo, buscando sempre fazer o melhor, como cidadão, em prol do Estado e país. “O amor à nossa Pátria e o respeito aos símbolos nacionais são dois sentimentos que precisamos valorizar. É preciso ressaltar o quão importante é a formação de bons cidadãos, que respeitem os valores e princípios, e trabalhem na construção de um Brasil melhor para todos nós”, salientou.

INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

O marco histórico da Independência do Brasil foi o grito do Ipiranga, realizado por Dom Pedro I em 7 de setembro de 1822. O historiador Célio Leandro ressaltou que, a data é um momento importante da história, pois a partir deste ato, surgiram mais tarde outros movimentos como a Proclamação da República e hoje, o país é uma democracia reconhecida internacionalmente, devido aos eventos históricos que foram vivenciados.

“Participar da Semana da Pátria, prestigiar o desfile cívico, é lembrar de pessoas que suaram, lutaram e morreram para que hoje possamos ter essa liberdade. A partir da Independência do Brasil, o país começou a traçar seus rumos políticos, e ao longo da história, fomos conseguindo uma democracia que de fato somos hoje”, pontuou o professor e historiador.

A partir de 1808, diversas mudanças foram implementadas no país por causa da transferência da Família Real portuguesa para o Rio de Janeiro, como a abertura dos portos e a elevação do Brasil à condição de reino. A Revolução Liberal do Porto de 1820 deu início ao processo de separação de Portugal do Brasil, pelas divergências de interesses existentes. Após o retorno de Dom João VI para Portugal, Dom Pedro ficou no Brasil como príncipe regente.

No “Dia do Fico”, Dom Pedro comprometeu-se em permanecer no Brasil. Após o grito de independência, houve guerras de independência em algumas partes do país. Dom Pedro foi aclamado e depois coroado imperador do Brasil, tornando-se Dom Pedro I e iniciando o Primeiro Reinado.

Nenhum comentário