728

Ingresso da Arábia Saudita no BRICS é um ato de emancipação, diz imprensa francesa

Share:

Ao mesmo tempo, os sauditas, liderados pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman (MBS), não estão buscando romper sua parceria estratégica com os Estados Unidos

Porto Velho, RO - A Arábia Saudita está dando um novo passo em direção à independência no cenário internacional ao se candidatar para se juntar ao grupo BRICS, composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, aponta o jornal francês Le Figaro. O país islâmico, o maior produtor mundial de petróleo, fará parte do BRICS, assim como Argentina, Egito, Emirados Árabes e Irã.

Liderados pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman (MBS), que exerce efetivamente o poder no país, uma vez que seu pai, o rei Salman, está enfrentando problemas de saúde, os sauditas não estão buscando romper sua parceria estratégica com os Estados Unidos ou se apresentar como neutros ao ingressar no BRICS. Em vez disso, eles visam aumentar sua autonomia em relação a Washington, diversificando seus parceiros internacionais, indica a publicação.

Bertrand Besancenot, ex-embaixador da França em Riade, analisa que essa ação não significa uma renúncia completa à parceria estratégica com os Estados Unidos, mas sim uma estratégia de ampliar suas opções e fortalecer sua posição global. No entanto, ele ressalta que os sauditas são realistas o suficiente para entender que ainda dependem da segurança oferecida pelo guarda-chuva americano.

Fonte: Brasil247

Nenhum comentário