728

Base de Lula assina pedido de impeachment

Share:

Documento encabeçado pelo PL tem 47 assinaturas, quatro de partidos aliados do petista

Porto Velho, RO - Quatro parlamentares da base de Lula assinaram o pedido de impeachment encabeçado pelo PL. Os deputados são filiados ao MDB, PSD e União Brasil. Juntos, esses partidos comandam oito ministérios no governo federal.

O MDB está à frente dos Transportes, Planejamento e Cidades. O PSD chefia Agricultura e Pecuária, Pesca, e Minas e Energia. Já o União Brasil comanda Turismo e Comunicações.PUBLICIDADE

Os signatários do pedido de impeachment filiados ao MDB foram Delegado Palumbo (SP) e Thiago Flores (RO). No PSD, a adesão foi do Sargente Fahur (PR). No União Brasil, Rodrigo Valadares (SE) apoiou a abertura do processo de afastamento de Lula.

O documento encabeçado por deputados do PL conta com 47 assinaturas. O requerimento precisa do aval do presidente da casa, Arthur Lira (PP-AL) para tramitar. Até o momento, Lula tem ao menos seis pedidos protocolados que solicitam a saída dele do cargo.

No pedido de impeachment, os parlamentares alegam que Lula cometeu crime de responsabilidade em três momentos: ao declarar que a Venezuela é vítima de “narrativas” construídas por opositores, ao receber o ditador Nicolás Maduro e ao indicar seu advogado Cristiano Zanin para a vaga aberta no Supremo Tribunal Federal (STF).

As motivações dos outros pedidos são sobre declarações de Lula, em especial de que o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff foi um golpe de Estado. Outros pontos abordados são a responsabilização pelos ataques do 8 de janeiro e acusações sobre tentativas de impedir a abertura da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar os atos ocorridos na data em Brasília.
Veja a lista de assinantes do pedido de impeachment

1 – Evair de Melo (PP-ES)
2 – Cabo Gilberto Silva (PL-PB)
3 – Amalia Barros (PL-MT)
4 – Sargento Fahur (PSD-PR)
5 – Zé Trovão (PL-SC)
6 – Marcelo Moraes (PL-RS)
7 – Luiz Phelippe O. e Bragança (PL-SP)
8 – General Girão (PL-RN)
9 – Professor Paulo Fernando (Republicanos-DF)
10 – Bia Kicis (PL-DF)
11 – Mario Frias (PL-SP)
12 – Maurício Marcon (Podemos-RS)
13 – Chris Tonietto (PL-RJ)
14 – Nikolas Ferreira (PL-MG)
15 – Fábio Costa (PP-AL)
16 – Coronel Meira (PL-PE)
17 – Coronel Telhada (PP-SP)
18 – Gustavo Gayer (PL-GO)
19 – Carlos Jordy (PL-RJ)
20 – Delegado Palumbo (MDB-SP)
21 – Tenente Coronel Zucco (Republicanos-RS)
22 – Daniela Reinehr (PL-SC)
23 – Delegado Caveira (PL-PA)
24 – Silvia Waiãpi (PL-AP)
25 – Sargento Gonçalves (PL-RN)
26 – Junio Amaral (PL-MG)
27 – Fernando Rodolfo (PL-PE)
28 – Bibo Nunes (PL-RS)
29 – Delegado Paulo Bilynsky (PL-SP)
30 – Abilio Brunini (PL-MT)
31 – Coronel Chrisóstomo (PL-RO)
32 – Capitão Alberto Neto (PL-AM)
33 – Clarissa Tercio (PP-PE)
34 – Rodolfo Nogueira (PL-MS)
35 – Rodrigo Valadares (União-SE)
36 – Luiz Lima (PL-RJ)
37 – Carla Zambelli (PL-SP)
38 – Marcelo Álvaro Antônio (PL-MG)
39 – Marcel Van Hattem (Novo-RS)
40 – André Fernandes (PL-CE)
41 – Thiago Flores (MDB-RO)
42 – Lucas Redecker (PSDB-RS)
43 – José Medeiros (PL-MT)
44 – Caroline de Toni (PL-SC)
45 – Mauricio Souza (PL-MG)
46 – Júlia Zanatta (PL-SC)
47 – Ubiratan Sanderson (PL-RS)

Fonte: Revista Oeste

Nenhum comentário