728

IMUNIZAÇÃO - Agevisa e parceiros da saúde e educação iniciam campanha vacinal nas escolas de Rondônia

Share:

O programa do Governo Federal "Saúde na Escola", é coordenado pela Agevisa, em parceria com a Secretaria Municipal e Estadual de Educação


Após uma solenidade de acolhimento, os estudantes foram organizados para imunização

O retorno do Zé Gotinha acompanhado da Maria Gotinha, em visita às escolas do estado de Rondônia, faz parte da campanha estadual, coordenada pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde – Agevisa, para atualização das carteiras vacinais do público infantojuvenil; matriculados na rede de ensino rondoniense.

O primeiro dia da campanha aconteceu em três escolas da Capital, com início no Colégio Militar Dom Pedro II. Após uma solenidade de acolhimento, os estudantes foram organizados para imunização, sem a alteração nos horários de aulas e com autorização assinada pelos responsáveis.

A campanha é um trabalho do Governo Estadual e Municipal, integrando os setores da saúde e educação, cumprindo o compromisso com o cidadão e o bem-estar social do rondoniense.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha ressaltou que: “a humanização dos processos de imunização e a disponibilização das vacinas ao público infantil e adolescente têm sido o caminho que o nosso Governo está traçando para que, além da reestruturação das salas de vacinas, nossas equipes também possam ir a campo oportunizar o acesso à vacina. Nesta direção, vamos aumentar a cobertura vacinal de nossa população e manter o cidadão protegido e seguro”, enfatizou.

O HERÓI ZÉ GOTINHA


Na Escola Estadual Flora Calheiros, a professora de Português, Regiane da Silva Souza, realizou uma atividade com os estudantes e pediu aos alunos que criassem uma história em quadrinhos sobre vacinação, e a aluna Monalisa Cutrim Da Silva, de 12 anos, matriculada no 7º ano, foi destaque com a história: “A proteção de uma vacina”.

Em seu trabalho, Monaliza contou a história de uma garota, que viu em uma propaganda, uma enfermeira convidando as crianças a se vacinarem, pois não doía e ainda lhes dava poderes. A menina, então, pediu à sua mãe para levá-la para tomar a vacina. Quando estavam na sala de espera, a menina visualizou a enfermeira da propaganda com uma agulha enorme na mão e rindo pra ela. A mesma saiu correndo com medo e se encontrou com o Zé Gotinha. Então, ela perdeu o medo e entendeu que o Zé Gotinha é quem era o seu super herói”, este foi um dos relatos, em destaque para evidenciar o viés da campanha de vacinação.

PORTO VELHO

Segundo a coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde – Semusa de Porto Velho, Elizeth Gomes, a rede municipal de Porto Velho tem 141 unidades de ensino, entre creches e escolas. São 43.016 estudantes matriculados, com faixa etária entre 2 a 16 anos, podendo variar a idade adulta, por conta do atendimento municipal a educação de Jovens e Adultos – EJA.

A equipe de imunização do Estado e Município foi recebida pelos estudantes para uma solenidade de abertura no Colégio Militar, com a presença do diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima; da diretora-geral de Educação da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, Irany Oliveira Lima; gerente Técnica de Epidemiologia da Agevisa, Arlete Baldez; coordenadora de Imunização da Semusa, Elizeth Gomes; diretor da escola militarizada, tenente-coronel BM Moacyr de Paula Junior; e presidente do Conselho Municipal de Saúde de Porto Velho, Denise Limeira.

Texto: Aurimar Lima Fotos: Lidiane Pereira Secom - Governo de Rondônia

Nenhum comentário