728

Premiê britânica pede desculpas por "erros" e diz que não deixa cargo

Share:
Liz Truss se tornou líder há menos de seis semanas

Porto Velho, RO -
A primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, pediu desculpas por "erros" em seu programa, que fizeram com que a confiança dos investidores evaporasse e seus índices nas pesquisas despencassem. Ela afirmou, nessa segunda-feira (17), que não vai renunciar.

"Quero aceitar a responsabilidade e pedir desculpas pelos erros cometidos", disse Truss à BBC. "Eu queria agir, ajudar as pessoas com suas contas de energia a lidar com a questão dos altos impostos, mas fomos longe demais e rápido demais."

O ministro das Finanças, Jeremy Hunt, nomeado na última sexta-feira 14) depois que Truss demitiu seu aliado próximo, Kwasi Kwarteng, descartou os principais eixos restantes de sua agenda, incluindo a redução de vasto esquema de apoio à energia.

Questionada se agora era primeira-ministra apenas de nome, Truss disse que nomeou Hunt porque sabia que precisava mudar de direção.

"Teria sido completamente irresponsável da minha parte não agir no interesse nacional da maneira que agi", disse ela. "Foi certo ter mudado a política."

Truss, que se tornou líder há menos de seis semanas, afirmou que liderará o Partido Conservador nas próximas eleições.

"Estou ficando por aqui porque fui eleita para trabalhar por este país. E é isso que estou determinada a fazer."


Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário