728

Clube da Leitura realiza primeiro encontro presencial com associados em Porto Velho

Share:

Crianças terão meta de leitura de, no mínimo, dez autores

Porto Velho, RO - O primeiro encontro presencial do ‘Clube da Leitura’, projeto promovido pela Biblioteca Municipal Francisco Meirelles, aconteceu na última segunda-feira (18). Divididas em duas turmas, uma pela manhã e outra à tarde, as crianças participantes fizeram um tour pela instituição conhecendo os espaços e ainda participaram de uma breve palestra no auditório para entenderem um pouco mais sobre as metas, preenchimento da agenda e ações que serão desenvolvidas ao longo do ano.

Realizado pela primeira vez, o Clube tem como objetivo estimular a leitura entre crianças de 6 a 12 anos de idade. Os 40 participantes que foram selecionados através de uma inscrição prévia, terão como meta, até o fim do ano, a leitura de obras de dez autores cada. Foram selecionados clássicos da literatura, divididos conforme a faixa etária do associado ao clube.

Já os encontros presenciais serão mensais, com duração média de duas a três horas. O próximo encontro acontece no dia 18 de abril, Dia do Livro Infantil e aniversário de Monteiro Lobato. O projeto, além de estimular a leitura ainda pratica a inclusão com a participação de uma associada com deficiência visual que recebeu livros em braille.


Os encontros presenciais serão mensais

“Neste dia, eles trabalharão com o Sítio do Pica Pau Amarelo, usando fantasias e com uma encenação. Serão temas diversos no decorrer da agenda, como reciclagem e outros. Os encontros presenciais serão sempre desta forma, com leitura coletiva de obras, interpretação, dramatização, enfim.

Nosso objetivo é que essas crianças se tornem leitores assíduos e que elas leiam por prazer, não por obrigação, porque através da leitura, a pessoa escreve bem, escreve melhor, lê melhor. Uma pessoa que lê desde a infância se dá bem na vida em todos os sentidos, ela vai fazer uma boa redação do Enem. Nós vamos trabalhar com o pensamento crítico”, explicou Elani Lacerda, coordenadora de projetos na biblioteca.

Para o envolvimento das crianças, o clube utiliza de diversos recursos lúdicos, a exemplo da agenda que deverá ser preenchida no desenvolvimento das metas com figurinhas e adesivos. Os participantes contam ainda com uma carteirinha de leitor vip, dando o direito a quatro empréstimos semanais, o dobro do usuário convencional. Ao final do ano, os associados ainda escreverão um livro com direito a certificado de conclusão do clube.

“A criança precisa de uma motivação. Então, na cabecinha dela ela vai ler para ganhar a figurinha, mas implicitamente ela estará lendo e vai gostar de ler, então a gente trabalha de uma forma que as crianças pensam que estão brincando, mas a gente está trabalhando as habilidades delas, habilidades de interpretação, de ler, de desenhar, de tudo”, completou Elani.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Nenhum comentário